Inauguração da Escola Pedro Jacques de Magalhães

 A Escola Básica do 2º e 3º Ciclos Pedro Jacques de Magalhães, em Alverca do Ribatejo, está agora preparada para receber os mil e cem alunos que vão ocupar todos estes espaços.
Depois das obras de melhoramento é agora altura para uma visita às instalações da Escola pelo Ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato, que é acompanhado, por Maria da Luz Rosinha, Presidente da Camara Municipal de Vila Franca de Xira e Isabel Martins da Silva, Diretora do Agrupamento de Escolas Pedro Jacques Magalhães.
A qualidade das instalações da escola é visível e por certo irá contribuir para um melhor ensino e melhores aprendizagens.
Para Isabel Martins da Silva, do Agrupamento de Escolas, as obras realizadas eram imprescindíveis.
Em declarações aos jornalistas, a Diretora explicou que antes das obras os alunos «não tinham a parte desportiva, havia só um campo polidesportivo descoberto, eramos uma escola de uma tipologia baseada em edifícios de piso térreo, mas estava tudo velho. As janelas estavam pregadas, as portas todas ruídas, quando chovia ficava tudo alagado».
Isabel Martins da Silva acrescentou ainda em relação às antigas condições da escola que «as instalações elétricas tinham os fios todos por fora, o refeitório estava cheio de humidade, com os esquentadores dentro do refeitório», ou seja, na altura «isto era uma escola que não devia existir».
Agora a escola possui salas amplas para alunos e professores, amplos corredores que em breve vão receber trinta e oito turmas com mil e cem alunos do 2º e 3º Ciclos do ensino básico e setenta e sete professores.
Todas as obras da escola orçaram um total de 6 milhões e 300 mil euros. Um valor muito abaixo das intervenções de requalificação feitas pela Parque Escolar. Um exemplo de que é possível fazer bem, com menos dinheiro.
«Houve dinheiro desperdiçado. Porque pode-se ver estas instalações e os milhões com que se constroem as escolas da Parque Escolar, as quais não são feitas com este dinheiro», afirmou Isabel Martins da Silva e defendeu que «a gestão devia ser, e agora esta a ser, feita de outra maneira. Agora não há dinheiro, porque as escolas construíram-se com milhões».
Mesmo ao lado da Escola Básica Pedro Jacques de Magalhães situa-se a Escola Secundária Gago Coutinho com as obras de requalificação a cargo da Parque Escolar. Obras que se encontram já há algum tempo paradas e para as quais Nuno Crato ainda não encontrou solução.
«Não podemos dar garantias nenhumas, estamos a trabalhar com a Parque Escolar que é uma empresa que tem uma missão e um conjunto de dificuldades», afirmou Nuno Crato ao jornalistas quando questionado se as obras poderiam ficar concluídas durante o novo ano letivo.
O Ministro da Educação e Ciência disse ainda que o Ministério está «a trabalhar com a Parque Escolar e a pressionar para que as coisas mais urgentes se resolvam».
E há casos por todo o país de escolas a necessitar de obras. «Infelizmente temos uma série de escolas no país que não estão nas condições desejáveis e cometeram-se uma série de erros no passado, temos limitações financeiras no presente. Não podemos esquecer isso», afirmou Nuno Crato.
O Ministro disse ainda que «estamos pouco a pouco a fazer o que podemos para resolver as questões mais urgentes».
Nuno Crato destacou o caso da Escola Pedro Jacques Magalhães como «um caso paradigmático, porque o Ministério, em colaboração com a autarquia, com a persistência da Senhora Diretora, conseguiu transformar este edifício que estava numa situação terrível, numa situação ótima».
Mas para que a escola possa dar resposta a uma melhor educação, diversos parceiros da comunidade escolar assinaram alguns dos sessenta e um protocolos, num valor total de 3 milhões e 247 mil euros para o ano letivo de 2013/2014, abrangendo áreas como transporte escolar, ocupação de tempos livre, prolongamento de horário, atividades de enriquecimento escolar, fornecimento de refeições, entre outras.

 

"TV CIÊNCIA"

Nuno Crato, que é acompanhado, por Maria da Luz Rosinha, Presidente da Camara Municipal de Vila Franca de Xira e Isabel Martins da Silva, Diretora do Agrupamento de Escolas Pedro Jacques Magalhães
Nuno Crato, que é acompanhado, por Maria da Luz Rosinha, Presidente
da Camara Municipal de Vila Franca de Xira e Isabel Martins da Silva, Diretora do Agrupamento de Escolas Pedro Jacques Magalhães
© TV Ciência

 

Informações adicionais